0
Saiba como escolher advogado empresarial

Como escolher um advogado empresarial

Empresas de todos os tipos ou tamanhos, desde startups disruptivas até grandes nomes tradicionais do mercado, precisam saber como escolher advogado empresarial. A razão disso é bem simples: todas elas lidam com riscos e oportunidades diariamente.

Uma empresa, não importa o tamanho ou segmento, faz investimentos diários. Eles podem vir no formato da aquisição de uma companhia menor ou na compra de uma máquina nova, na contratação de um funcionário ou em uma campanha de marketing na Internet.

Todos esses investimentos, por sua vez, apresentam riscos e oportunidades. Comprar uma companhia pode ser um bom negócio pois ajudaria, em teoria, acessar um novo mercado –  isso é oportunidade. No entanto, a empresa pode vir cheia de dívidas trabalhistas – isso é risco.

Um advogado empresarial é o profissional treinado e especializado na análise de riscos internos e externos, diretos e indiretos, além de ser responsável por dar todo o respaldo jurídico que uma empresa precisa, seja ela qual for.

Mas você sabe como escolher um advogado empresarial? Se não, veja as dicas a seguir para não errar na escolha.

Conhecimento é essencial para escolher advogado empresarial

Um dos elementos principais para escolher um advogado empresarial é verificar se ele tem conhecimento na área. Muita gente que não entende de Direito não sabe (e sequer imagina, na verdade), que existem muitos ramos diferentes na área e que advogados não são todos iguais.

Por exemplo, um advogado criminalista trata de assuntos completamente diferentes daqueles abordados por um advogado de família. 

Por isso, é importante contratar um escritório de advocacia que seja especializado em Direito Empresarial. Assim, sua empresa terá apoio de profissionais que dominam todos os detalhes das leis que mais afligem a sua empresa.

Preparação é o mais importante para um advogado empresarial

Tão ou mais importante que conhecimento específico na Lei é a preparação para atuar como advogado empresarial. Em muitos casos, esses conhecimentos são iguais, mas nem sempre é assim.

Preparação pode ser explicada como a disponibilidade do advogado em mergulhar na área da empresa e no seu dia a dia para melhor compreender seus processos internos e poder aconselhá-la da melhor maneira.

Isso é especialmente importante para startups, as quais contam com produtos, organizações e serviços naturalmente disruptivos. Por via de regra, não existe um “histórico” com startups. A maioria das decisões é inédita e não há precedentes por onde se agarrar e usar como base.

O mesmo vale para empresas de tecnologia ou outros setores que são naturalmente inovadores, e até mesmo companhias que costumam estabelecer o ritmo e as tendências do mercado.

Como não há um “curso de advogado de startup”, é importante que o profissional escolhido para a consultoria tenha a personalidade correta para o trabalho. Em resumo: que ele tenha curiosidade em aprender e disposição para absorver aquela empresa e melhor adaptar sua prestação profissional para se encaixar nas características básicas dela.

Experiência é importante para atuar na área

Com a exceção óbvia das empresas naturalmente disruptivas, é importante ter o apoio de advogados empresariais que tenham experiência na área e já tenham ajudado outras companhias em suas atuações profissionais.

Por isso mesmo, existem escritórios que são especializados no assunto, com diversos advogados com anos de experiência no setor. Dessa forma, eles podem ajudar seus clientes da melhor maneira possível, usando know-how e métodos testados para conseguir os melhores resultados possíveis.

Sendo assim, vale a pena pesquisar antes de escolher um advogado empresarial para aconselhar a sua companhia. Veja quem tem um histórico positivo de lidar com empresas do mesmo porte e conte com os melhores profissionais.

Tecnologia e software jurídico são essenciais

O Direito Empresarial não é algo simples. Pelo contrário, é bem complexo e envolve diversas variáveis, documentos, segredos e muitas reuniões. Diante disso, é importante ter o apoio de um escritório de advocacia, que usa as melhores e mais modernas ferramentas disponíveis.

É importante que o advogado empresarial que atenda a sua empresa use um software jurídico de qualidade para fazer o seu trabalho. Existem algumas opções no mercado que são muito úteis.

Os clientes do Dutra Advogados, por exemplo, estão bem servidos nessa questão. Nós usamos o melhor software jurídico do mercado, o SAJ ADV, que conta com funções que melhoram a produtividade nos nossos colaboradores.

Uma das funções do programa é o uso de Inteligência Artificial para sugerir ações ou tarefas dentro de cada processo, de modo a aumentar as chances de sucesso. Além disso, o programa também permite usar a computação em nuvem para digitalizar e armazenar documentos, o que aumenta muito a segurança dos nossos clientes.

Como a navegação em nuvem é criptografada, os documentos ficam inacessíveis para qualquer pessoa que não esteja autorizada. Assim, os segredos corporativos dos nossos clientes ficam protegidos.

Como deu para ver, existem alguns cuidados importantes ao escolher advogado empresarial para aconselhar a sua empresa. Seguindo essas dicas, você conseguirá selecionar o melhor escritório para defender os seus interesses no mercado.

Gostou do que leu por aqui? Então curta a nossa página no Facebook para acompanhar mais conteúdo que publicamos!

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *