Conheça o que é planejamento sucessório empresarial

Planejamento sucessório empresarial: o que é e como montar

Os pequenos negócios são a grande maioria no cenário empresarial brasileiro e correspondem a 27% do PIB nacional. Na maior parte, essas empresas são geridas por famílias, o que faz com que fazer um bom planejamento sucessório familiar seja imprescindível.

O planejamento sucessório é uma maneira de transmitir a empresa para os herdeiros, de modo a manter a companhia sob controle da família e o legado criado intacto.

Mas quando é hora de começar a pensar nisso? E como fazer a sucessão de maneira harmoniosa e sem conflitos? É o que veremos a seguir!

É possível empreender sem alvará ou licença?

Muitos empresários e criativos já sonharam em poder empreender sem alvará, licença, registros ou autorizações estatais. Afinal, para muitos, obter um documento desses pode ser uma tortura.

Estima-se que abrir um negócio no Brasil leva, em média, 107 dias. Pelo menos é o que diz o Banco Mundial.

Entretanto, essa situação está para mudar. Se atualmente é impossível empreender sem alvará no Brasil, a situação é alterada pela Medida Provisória 881/2019, conhecida como MP da Liberdade Econômica.

Visando promover maior liberdade de ação no mercado, a MP altera diversos parâmetros das leis brasileiras, inclusive a necessidade de documentos para empreender. Será que agora vai ficar mais fácil para startups e outras empresas disruptivas? Confira a seguir!

OS CRÉDITOS TRABALHISTAS INGRESSAM NO REGIME DE COMUNHÃO PARCIAL DE BENS?

 

Um dos regimes mais comuns no Brasil é o regime de comunhão parcial de bens (art. 1.658 do Código Civil). É aquele que rege o patrimônio do casal, determinando que todos os bens adquiridos após a celebração do casamento, ou início da união, deverão ser partilhados de maneira igualitária entre os cônjuges ou companheiros no momento do divórcio ou dissolução.